Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Pastor Antonio - Noções de Direito - 7º Período

Arrazoemos sobre as questões abaixo após uma meditação:
     
       ''Sabemos que todo sistema é dirigido por leis. Portanto, fazer leis é um costume antigo da civilização. O cristão não pode ser ludibriado, pois cercados por tantas leis, precisamos conhecê-las e nos relacionarmos corretamente com elas. Quando isto não acontece torna-se um risco em nossa sociedade, aos que ignoram os direitos e deveres.''

1- Devemos encarar as leis como providência divina. Por quê?  (10 linhas)

2- Por sua natureza espiritual, a igreja tem a Bíblia como única regra de fé e prática, mas quando confrontada por leis humanas compromete nossa crença em Jesus Cristo. Cite exemplo bíblico.  (10 linhas)


2 comentários:

  1. 1-Sim. Pois baseado nas escrituras devemos estar sujeitos às autoridades civis, militares, eclesiásticas e etc.. Entendendo que não há autoridade que não venha de Deus, O bem comum e a ordem pública exigem que haja autoridade. A Igreja nunca foi anarquista, ao contrário, sempre ensinou a ordem e o respeito às autoridades legitimamente constituídas, bem como as instituições necessárias ao bem do povo. Segue abaixo textos bíblicos que nos convoca a mantermos uma vida de submissão às autoridades e consequentemente as leis em vigor em nosso país.
    Romanos 7:24 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.
    Romanos 13:1 Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência.
    Romanos 13:5 É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho.

    2 -Jesus ensinou que toda autoridade vem de Deus. Ele disse a Pilatos: “Não terias poder algum sobre mim, se de cima não te fosse dado” (Jo 19,11). Os Apóstolos aprenderam isto com Jesus e sempre ensinaram a respeitar as autoridades. Romanos 13:6 Tornei-me judeu para os judeus, a fim de ganhar os judeus. Para os que estão debaixo da Lei, tornei-me como se estivesse sujeito à Lei (embora eu mesmo não esteja debaixo da Lei), a fim de ganhar os que estão debaixo da Lei. O Apóstolo nos exorta a fazer orações e ações de graça pelos reis e por todos os que exercem autoridade, “a fim de que levemos uma vida calma e serena, com toda piedade e dignidade” (1tm 2,2). Querem nos deixar de mãos atadas, pois desejam realmente vituperar a palavra de Deus com leis que desabonam os ensinamentos cristãos que o Senhor Jesus deixou para a humanidade. É incrível às leis que somos sujeitos, nós evangélicos, e o que temos que suportar mediante o despreparo dos nossos governantes. Alguns com tendências homossexuais e adeptos de seitas e religiões que confrontam a veracidade da palavra de Deus. Para os tais, fica mais fácil usufruir dos prazeres e das delícias mundanas que a carne oferece do que ser fiel a Deus e viver uma vida de santidade e regrada de obediência a sua palavra. Que o Senhor Jesus tenha misericórdia de nós e que possamos manter a nossa regra de fé e prática e santidade a Deus.
    ATT: Leonardo Souza

    ResponderExcluir
  2. Nehemias Souza da Silva13 de junho de 2013 14:11

    1 - No meu entender, o propósito de Deus foi instituir as suas leis como no livro de Êxodo cap. 20, onde é revelado os dez mandamentos, a intenção foi de trazer uma direção e limites pra o seu povo não só para aquele tempo mas para toda sociedade em nossos dias. Essa provisão divina revela a sua generosidade e amor para com todo ser humano, ao impor limites de certa forma dando liberdade dentro desses limites, como também condições para que nós possamos ter uma consciência moral, social e espiritual.
    Neste tempo onde os referenciais desta sociedade esta firmado no conceito humano materialista, precisamos estar debaixo das orientações bíblicas como nos orienta o salmista no Salmo 1 de 1 a 6.

    2 - A bíblia contém vários exemplos e situações em que a fé foi colocada a prova, no livro de Ester relata a perseguição ao povo judeu culminando com uma lei irrevogável do rei, para que matasse todo judeu, foi nesta situação difícil que a rainha Ester coloca em prática a sua fé se expondo. Deus então traz o livramento ao seu povo ,outro exemplo foram os três jovens Sadraque, Mesaque e Abede-nego como revela o livro de Daniel cap. 3, por não terem se prostrado diante da estátua do rei Nabucodonozor foram lançados na fornalha sete vezes aquecida , isto por terem confrontado a lei do rei. Também poderia mencionar as várias curas e milagres que o próprio Jesus fez no dia de sábado contrariando a lei judaica.

    ResponderExcluir